sábado, 18 de agosto de 2012



**AMIGOS VIRTUAIS NÃO TÊM IDADE**...



De repente percebo com encantamento que amigos virtuais não têm idade. Eles têm essa forma bonita de se aconchegar no nosso colo, de se eternizar de maneira indefinida e a gente não sabe adivinhar se são crianças ou experientes da vida.

Há nas suas palavras um perfume de mistério, eles brincam, falam sério e quantas primaveras viveram torna-se tão insignificante que a gente nem pensa mais. Abraçamos a imagem sem ver o rosto, bebemos as palavras sem nos questionar.

O que é a idade? Na net isso não tem a mínima importância. Amigos de vinte, trinta, quarenta... oitenta anos!... Todos tão iguais, todos tão especiais. Amamos o que lemos, o que recebemos, aquilo que se adentra e se apega à nossa alma e não pensamos se os olhos são castanhos ou azuis, se o cabelo é loiro ou preto, curto ou comprido, se a pele é negra, branca ou morena.

Há nessa rede muito mais calor humano, muito mais igualdade, menos preconceitos, mais amor do que em qualquer outra sociedade. Aprendemos a amar as pessoas simplesmente pelo que são e pelas alegrias que trazem ao nosso coração.

Ai!... Que alegria essa evidência divina! Somos elos dourados, somos seres abençoados, pétalas de uma mesma flor, somos lindos versos entrelaçados!...



[Autora-Letícia Thompson]

terça-feira, 7 de agosto de 2012


Dançar é escrever com o corpo
no espaço estendido á frente,
alongar-se,encolher-se,
rodopiar,
inclinar-se.
jogar-se em absoluta confiança
no Outro que a(m)para,
depois de centenas de ensaios...
Dançar é tocar música
com gestos,com os pés,
absolutamente sem voz,
na arrasadora maioria das vezes.

Dançar é interpretar com meneios
e oscilações impressionantes
ao nosso olhar supreso,
pois temos os pés no chão,
as nuances da mensagem,do enredo,
da palavra em das formas desenhadas
no espaço...

O corpo é o instrumento dos dançarinos:
suas mãos-libélulas,
suas mãos- borboletas,
suas mãos-colibris
escrevem versos no ar...
Seus pés com centenas de micro-fraturas,
seguem intinerários
que a cada instante
recomeçam
e recomeçam,
e se repetem...
A coluna é de borracha,de látex,de seda...
Curva-se,ancaixa-se,projeta-se.
e como dói,mas que importa,
se é o centro do soma?...

O rosto parece cheio de luz
e não revela os sofrimentos
nem os cansaços...
Há um sol em cadaum dos olhos,às vezes,um luar de ouro,
pois sempre brilham de prazer,
no vício sagrado
impossívelde desfazer
Já vi balerinos em cadeiras de rodas,
cada célula a vibrar,
como se fosse um palco
particular.
Já osvi com próteses de celulóide,em pleno vôo...
Já vi os que não mais podem
bailar,tornarem-se mestres,
para que osOutros possam dançar por eles...

Quemagnífica mensagem vemos nas sapatilhas
esfarrapadas e disformes,
que foram um dia de superfície lisa e brilhante,
cetim e forma...

Quantos já dançaram com pés sangrando,
joelhos inchados,microfraturas?

Quantos choravam lutos e perdas
enquanto sorriam?

O dançarino é feito de retalhos dos deuses,
lançados pela Terra,
para que não possam ser esquecidos
em sua divindade...
O dançarino tem um pouco de ave e de borboleta
ou libélula,ou pluma,ou floco de algodão,
ou pétala,ou poalha ,
a dançar na luz...

Clevane Pessoa de Araújo Lopes

Belo Horizonte,28/04/2006,por 29/04,Dia da dança

Poesia publicada no PPP,projeto poesia no pano
www.recantodasletras.com.br/


**AMIZADE É AMOR**


A amizade é uma das formas mais bonitas de amor. Sim, porque o amor se divide em várias formas.

Há amigos que a gente encontra pela primeira vez e entram como uma flecha, diretamente no nosso coração. Dizemos imediatamente que "nosso sangue combina com o de fulano."

Outros, ah, esses precisam de um tempo; precisamos conhecê-los bem para que consigam conquistar um cantinho, que geralmente se torna muito importante com o tempo; esses amigos são muitas vezes carregados de defeitos, pelo menos no nosso julgamento, e nem todo mundo está disposto a se abrir o suficiente para conhecê-los, porque muitas vezes "o sangue não combina" e não queremos mesmo dar oportunidade. Isso é uma pena! Há realmente pérolas escondidas dentro de conchas aparentemente feias. Nem sempre é assim, mas se a gente não der a oportunidade, nunca vai saber.

Há ainda aqueles que a vida nos impôs, como os colegas de escola, a turma da rua ou da igreja; esses fazem parte da nossa vida por um tempo. Alguns a gente perde de vista com o tempo e só fica mesmo a lembrança e a saudade. Outros, continuam caminhando com a gente. Tudo depende muito das circunstâncias. Mas quem não gostaria, vinte ou trinta anos depois, de reencontrar uma velha turma? !

E há hoje em dia os virtuais. Engraçado, mas falamos dos virtuais como se não fôssemos. Mas somos também, já que uma moeda sempre tem dois lados. E esses tomam uma parte importante na nossa vida também. Alguns vão desaparecer com o tempo, mas outros, os verdadeiros, vão ficar enfeitando nossa vida por longo tempo.

É... mas com tudo isso, uma coisa é certa: só vamos saber quem são nossos verdadeiros amigos nas horas difíceis. É fácil ser amigo quando tudo vai bem, quando tudo é festa; mas quando estamos por baixo, depressivos, tristes, precisando, que seja material ou moralmente, aí sim é que vamos conhecer nossos verdadeiros amigos.

E quando os reconhecemos, devemos guardá-los bem apertadinhos junto de nós, porque são esses os Anjos que o Senhor utiliza para abençoar a nossa vida!



[ Autora - Letícia Thompson]

contact@leticiathompson.net
**DESEJOS**

Desejo a vocês...
Fruto do mato
Cheiro de jardim
Namoro no portão
Domingo sem chuva
Segunda sem mau humor
Sábado com seu amor
Filme do Carlitos
Chope com amigos
Crônica de Rubem Braga
Viver sem inimigos
Filme antigo na TV
Ter uma pessoa especial
E que ela goste de você
Música de Tom com letra de Chico
Frango caipira em pensão do interior
Ouvir uma palavra amável
Ter uma surpresa agradável
Ver a Banda passar
Noite de lua cheia
Rever uma velha amizade
Ter fé em Deus
Não ter que ouvir a palavra não
Nem nunca, nem jamais e adeus.
Rir como criança
Ouvir canto de passarinho.
Sarar de resfriado
Escrever um poema de Amor
Que nunca será rasgado
Formar um par ideal
Tomar banho de cachoeira
Pegar um bronzeado legal
Aprender um nova canção
Esperar alguém na estação
Queijo com goiabada
Pôr-do-Sol na roça
Uma festa
Um violão
Uma seresta
Recordar um amor antigo
Ter um ombro sempre amigo
Bater palmas de alegria
Uma tarde amena
Calçar um velho chinelo
Sentar numa velha poltrona
Tocar violão para alguém
Ouvir a chuva no telhado
Vinho branco
Bolero de Ravel
E muito carinho meu.


[Carlos Drummond de Andrade]


O sonho

Sonhe com aquilo que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes não tem as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passaram por suas vidas.
Clarice Lispector

OS ANIMAIS

Eles habitam toda a face dessa Terra
Ofertando seus valores e prestezas,
Não reclamam da vida, nunca erram,
Fazem parte das forças da natureza!
Se cometem uma morte alguma vez,
É por conta da lei da sobrevivência:
Não existe aí nenhuma insensatez,
Pois não têm o dom da consciência.
Sua vida é dedicada à humanidade,
Mas o homem não percebe, é demais,
Não querer entender essa bondade!
Sendo parte desse reino, ainda mais,
Usa a única diferença pra maldade,
Ao invés de aprender com os animais!


Autor: José Rosendo.
Quando penso em você me sinto flutuar,
me sinto alcançar as nuvens,
tocar as estrelas, morar no céu...

Tento apenas superar
a imensa saudade que me arrasa o coração,
mas, que vem junto com as doces lembranças do teu ser.

Lembrando dos momentos
em que juntos nosso amor se conjugava
em uma só pessoa, nós ...


É através desse tal sentimento, a saudade,
que sobrevivo quando estou longe de você.
Ela é o alimento do amor que encontra-se distante...


A delicadeza de tuas palavras
contrasta com a imensidão do teu sentimento.
Meu ciúme se abranda com tuas juras
e promessas de amor eterno.


A longa distância apenas serve para unir o nosso amor.
A saudade serve para me dar
a absoluta certeza de que ficaremos para sempre unidos...


E nesse momento de saudade,
quando penso em você,
quando tudo está machucando o meu coração
e acho que não tenho mais forças para continuar;
eis que surge tua doce presença,
com o esplendor de um anjo;
e me envolvendo como uma suave brisa aconchegante...


Tudo isso acontece porque amo e penso em você...


**MÁSCARAS**


Sonhei um dia, que se podia
Viver sem as máscaras, sem fantasia
Mas quando acordei, percebi
Que sem elas não sobreviveria.

Tentei dias, meses e anos, a afirmar
Que sem as máscaras, podíamos nos amar
Mas, me mostrar ao mundo
Foi a maneira mais concreta de me decepcionar

Continuei lutando, brigando e esbravejando
E ao me deitar, continuava sonhando
Mas cada novo dia, ao amanhecer
Suspirava a dor do meu eu, sangrando

Por necessidade, um dia, resolvi me mascarar
Nossa, meu Deus, quantos aplausos a ganhar
Neste cenário chamado palco, eu renasci
Foi quando aprendi, o valor de interpretar

E durante algum tempo, peças ensaiei
Em esplendorosos teatros eu estreei
Muitas platéias tive, a me ver
Sorrisos, lágrimas, corações, conquistei

Mas um belo dia, a máscara no palco, caiu
Em pedaços minha vida inteira se partiu
E neste triste momento, refleti
Viver com máscaras, apenas me iludiu.


[ Autora- Heide Moutin]



SE ALGUÉM TE PROCURAR...

Com frio... É porque você tem o cobertor.

Com alegria... É porque você tem o sorriso.

Com lágrimas... É porque você tem o lenço.

Com versos... É porque você tem a música.

Com dor... É porque você tem o curativo.

Com palavras... É porque você tem a audição.

Com fome... É porque você tem o alimento.

Com beijos... É porque você tem o mel.

Com dúvidas... É porque você tem o caminho.

Com orquestras... É porque você tem a festa.

Com desânimo... É porque você tem o estimulo.

Com fantasias... É porque você tem a realidade.

Com desespero... É porque você tem a Serenidade.

Com entusiasmo... É porque você tem o brilho.

Com segredos... É porque você tem a cumplicidade.

Com tumulto... É porque você tem a calma.

Com confiança... É porque você tem a força.

Com medo... É porque você tem o AMOR!!!

Ninguém chega até VOCÊ por acaso, Em "TUDO" há propósito...*****


Bjus no coração, fique com Deus...



  [ Autora - Jackie Luz ]
 **PENSAMENTOS**
 
 
 
Quem olha para fora sonha, quem olha para dentro acorda.

(Carl Sagan)


Procura nos outros as qualidades que eles possam ter; em ti, procura os defeitos que certamente tens.

(Benjamin Franklin)


Minha mulher fugiu com meu melhor amigo. Sinto falta dele.

(Henry Ford)


É preferível cultivar o respeito do bem que o respeito pela lei.

(Henry Ford)


Não existe amor impossível, o que existe são pessoas incapazes de lutar por aquilo que chamam de AMOR!

(Guimarães Rosa)


O que importa se você tem olhos verdes... se o vermelho dos meus refletem o verde da natureza...

(Bob Marley)


Tudo quanto vive provém daquilo que morreu.

(Platão)


O milagre é o filho predileto da fé.

(Goethe)


O tempo não permite começar de novo, na procura das nossas afinidades autênticas...

(Chico Buarque)


As coisas não mudam; nós é que mudamos.

(Henry Ford)


Se um dia fecharem-lhe as portas da vida, pule a janela.

(Augusto Cury)


O descontentamento é o primeiro passo na evolução de um homem ou de uma nação.

(Oscar Wilde)


A felicidade às vezes é uma bênção, mas geralmente é uma conquista.

(Paulo Coelho)


A vida ideal consiste em ter bons amigos, bons livros e uma consciência sonolenta.

(Mark Twain)


Visto que o fundamento da propriedade é a utilidade, onde não houver utilidade possível não pode existir propriedade.

(Rousseau)


Não é preciso que a bondade se mostre; mas sim é preciso que se deixe ver.

(Platão)


Nada é mais justamente distribuído que o senso comum: ninguém pensa que precisa mais do que realmente já tenha

(René Descartes)


Para a maioria, quão pequena é a porção de prazer que basta para fazer a vida agradável!

(Nietzsche)
 
 
Créditos -www.fraseseproverbios.com