OTIMISMO.

Colo
OLHAR- No teu jardim as rosas entreabertas , e nunca as pétalas caídas.
OBSERVA- Em teu caminho a distância vencida e nunca a que falte ainda.
GUARDA-No seu olhar os brilhos da alegria e nunca as névoas da tristeza.
RETÉM- Da sua voz risadas e canções e nunca os teus gemidos.
CONSERVA- Em teus ouvidos as palavras de amor e nunca as de ódio.
GRAVA- Em sua pupila o nascer das auroras e nunca os teus poentes.


 
dar colo é preciso pegar no colo? Nem sempre. Há pessoas que dão colo com as palavras, com o que elas carregam e transmitem. Elas reconfortam sem presença física, estando, apesar disso, presentes.
É possível se dar a alguém, ser importante, fazer importante, às vezes mesmo com um gesto aparentemente banal. Estamos atravessando uma era em que as pessoas se encontram muito mais profundamente que antes. Elas se acarinham, se amam, se sustentam, amenizam a solidão e ajudam a curar feridas e secar lágrimas.
Distância? Não existe! Não é bem assim, ela existe, mas não percebemos. Eu estou aqui e estou aí ao mesmo tempo, da mesma maneira como meus amigos estão em toda parte e dentro de mim. A gente só alcança o que está perto, não?
Jesus atravessou séculos e ainda hoje nos pega no colo, ainda hoje falamos com Ele, choramos o calvário e a crucificação. Ainda hoje nos sentimos amados e podemos seguir Seu exemplo.
Quando você quiser abraçar alguém, dar colo, reconfortar e que seus braços não alcançarem essa pessoa... dê um telefonema, escreva uma carta, envie um e-mail!... Seu carinho vai chegar da mesma forma, com o mesmo calor. Nunca duvide disso!...

Thompson

Comentários

Postagens mais visitadas