As eleições municipais no Brasil em 2012 ocorrerão em 7 de outubro e em 28 de outubro (para cidades onde houver segundo turno).[1] Quase 140 milhões de eleitores irão escolher os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos 5.568 municípios do país.[2] Estas serão as primeiras eleições em que os recém-fundados Partido Pátria Livre (PPL) e Partido Social Democrático (PSD) participarão; ambos foram reconhecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2011.[3] Os partidos que quisessem disputar o pleito de 2012 deveriam estar registrados no TSE até 7 de outubro de 2011, enquanto os cidadãos que desejassem ser candidatos deveriam estar filiados a um partido até a mesma data.[4] As convenções para a escolha dos candidatos ocorreram entre 10 e 30 de junho, enquanto o registro das candidaturas e alianças junto aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) ocorreu até 5 de julho.[4] A partir do registro, a propaganda eleitoral foi autorizada. A propaganda eleitoral gratuita – duas faixas diárias na televisão aberta e no rádio reservadas à propaganda política, pagas pelo fundo da Justiça Eleitoral – irá ser exibida de 21 de agosto até 4 de outubro.[4] Segundo a lei eleitoral em vigor, o sistema de dois turnos – caso o candidato mais votado receber menos de 50% +1 dos votos – está disponível apenas em cidades com mais de 200.000 habitantes.[1] Assim sendo, todas as capitais estaduais podem ter um segundo turno, com a exceção de Palmas , Boa Vista e Recife. Nas cidades onde houver segundo turno, a propaganda eleitoral gratuita irá voltar a ser exibida no dia 13 de outubro e terminará no dia 26 de outubro
 


Fonte- http://pt.wikipédia.org/

Comentários

Postagens mais visitadas