O Trânsito é uma das problemáticas mais sérias da modernidade, sendo responsável por milhares de vítimas, entre elas mortos e incapacitados permanentes.
Segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde o Trânsito será a terceira causa de morte no ano 2020.
É difícil identificar uma família em que não haja ocorrência de acidentes, assim, o Trânsito cada vez mais invade nossas vidas e nos ameaça com tragédias, acidentes e mortes.
Como podemos modificar esta realidade social?
Sem dúvida há a necessidade, de um grande empreendimento social em torno desta problemática , envolvendo todos os segmentos da sociedade, tais como, o estado, as empresas, as famílias, as igrejas, as associações e as escolas.
A escola deve transcender as disciplinas previstas para criar interação com o contexto social em que vivemos.

ESCOLA

Ao nosso ver, apresentam-se como uma grande alternativa para mudança desta realidade.
A educação para o Trânsito deve começar bem cedo, lá no início da trajetória escolar visando a formação de um ser humano em cidadão, e para isso, a criança deve receber, já nos primeiros passos, todas as regras, técnicas e habilidades para viver dentro de uma sociedade.
É de extrema importância que o tema entre nas áreas curriculares sempre que possível, tornando-se elemento constante de analise, reflexões e debates.

CRIANÇA

Os pequenos pedestres e futuros motoristas.
Nós, pais e adultos somos os modelos!

O exemplo é uma das maneiras seguras de educar.
É importante que você eduque seus filhos.
Além de muito diálogo é essencial que os pais sirvam de exemplo se quiserem que as crianças adotem um comportamento seguro.
Parece antigo! - mas não é !
Ao caminhar, ao atravessar ruas e avenidas mostre como deve se comportar. A forma correta ao transitar pelas calçadas e escolher caminhos seguros.
Quanto menos ruas tiver que atravessar mais seguro, por certo estará.

REGRAS

As crianças têm que saber o que significa a palavra LIMITE. Isso fará bem em todas as fases de sua futura vida.
Elas aprendem regras de transito na escola e é essencial que você compartilhe com a criança as informações, para aprender e desenvolver novas dicas e aplicá-las com seu filho, sempre que for necessário!

Não permita que crianças com menos de10 anos atravesse a rua sozinha.
É importante que o adulto acompanhe o pequeno pedestre, segurando-o firme pelo pulso.
Estamos falando de segurança!

As crianças têm dificuldade de julgar a distância e a velocidade em que os carros estão.


Exposição ao Perigo


A criança não tem a noção plena do perigo. Á vezes se coloca em situação perigosa sem perceber!
Devemos estar atentos sempre com o que pode vir ocorrer.
Prevenir sempre!

EXPOSIÇÕES QUE DEVEM SER EVITADAS: é sua responsabilidade!!
-deixar criança solta no banco traseiro do veículo;
-não segurar a mão dos pequenos durante travessias de ruas ou vias;
-COLOCAR O CARRINHO DO BEBÊ PRÓXIMO DAS CALÇADAS;
-deixar crianças pequenas transitando sozinhas em calçadas e vias;
-colocar seu filho no colo para simular que ele está dirigindo;
São alertas básicos !

Vestuário

Sempre procure vestir a criança com roupas de cores claras e fortes e, se possível com detalhes reflexivos quando forem transitar à noite ou ao entardecer. Elas são menores, quanto a visualização, e muitas vezes os motoristas podem ter dificuldade em vê-las.


Brincadeiras

Devem ficar sempre longe da rua.
Além das crianças, também os adultos, porém com elas o cuidado deve ser maior.
É muito perigoso qualquer tipo de brincadeira , principalmente em ruas e avenidas, entradas de garagens, estacionamentos, terrenos ou quintais sem cerca. A tendência é a distração e a criança pode perder o sentido de espaço.
O jogo de bola, skate, patins, bicicleta devem ser feitos em lugares adequados a cada modalidade. Para isso, existem os parques, ciclovias, etc..

Também não podem dividir o mesmo espaço!
Cada um no seu local!

Veículos automotores para criança
Cuidado!
Sempre em locais adequados e com todas as exigências de segurança.


Fonte- www.ohomemdotransito.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas