domingo, 8 de maio de 2016

Todas diferentes
 © Letícia Thompson


Quem disse que toda mãe é igual? Toda mãe é diferente uma da outra, flor única nesse maravilhoso jardim da vida.
Há mães frágeis, mães fortes, mães que trabalham fora, mães independentes, mães que se dedicam à casa, mães que lutam, mães que se conformam.
Há mães que aproveitam a vida e mães bem comportadas;
Mães bem casadas e mães divorciadas;
Mães solteiras;
Mães muito jovens;
Mães envelhecidas;
Mães amigas e mães só mãe;
Mães adotivas;
Mães carinhosas e mães distantes;
Mães despreocupadas e mães possessivas;
Mães que nunca deram à luz;
Mães que partiram cedo;
Mães que duram uma eternidade.
Não sabemos exatamente por que temos essa ou aquela mãe. Mas isso não importa.
 A nós cabe somente amá-la, afinal ela foi o caminho que Deus escolheu para que chegássemos à vida.

Letícia Thompson

Nenhum comentário:

Postar um comentário