terça-feira, 20 de dezembro de 2016






Anjos
  © Letícia Thompson


Quem nunca se sentiu sozinho e desamparado?
Quem nunca sentiu em algum momento que havia a impressão que tinha chegado ao fim do caminho e que não tinha mais solução?
Que seja por uma causa grave, ou por outras menos graves, todos já nos sentimos assim. Quando adolescentes, mesmo a dor de amor perdido pode nos dar essa impressão. Pensamos que nunca mais vamos encontrar outra pessoa, que nunca mais vamos amar outro alguém. Tudo toma uma forma tão grande e exagerada que toma conta da gente. 
Muitas vezes nos desesperamos  e sofremos antecipadamente por coisas que colocamos na nossa cabeça, mas que na realidade nunca chegam na nossa vida. 
Nesses momentos sentimos uma sensação de solidão profunda, de abandono. Tudo parece opaco, sem vida.
Mas sabem de uma coisa? Mesmo nos momentos mais difíceis da nossa existência, nunca estamos sozinhos. Mesmo quando não vemos ninguém ao nosso lado, Alguém certamente está lá e nos olha com os olhos cheios de amor, simplesmente esperando que a gente se entregue. 
Alguém que prometeu que levaria todas as nossas dores. Não só as físicas, mas também as existenciais, que são ainda m




ais profundas e difíceis de curar, pois não encontramos solução numa farmácia.
Acho um grande reconforto saber e reconhecer que nunca estamos sozinhos. Poder reconhecer que estamos fracos e frágeis, mas saber que existe uma Mão Invisível segurando a nossa, um Colo confortável e um peito cheio de amor e compaixão. 
Há uma grande verdade, mas que poucas pessoas sabem: Deus ama mesmo aqueles que não acreditam nEle, Ele cuida mesmo daqueles que não sabem que não estão sozinhos; Ele está sempre presente, mesmo quando olhamos à nossa volta e tudo parece vazio.
Há pessoas que acreditam em Deus, mas não em Anjos. Mas segundo a Bíblia "O Anjo do Senhor acampa-se ao redor dos que O temem e os livra". Então, por que não acreditar?!
De qualquer maneira, a verdade é que a solidão não existe. O que existe é a sensação de estar sozinho e abandonado. Nem existem as dores que doem eternamente. Se você um dia se sentir assim, abra os olhos da sua alma e tenha certeza que ao seu lado Alguém vai estar cuidando de você. Deixe-se amar e acalentar. Durma tranqüilo e se repouse. Tenho certeza que quando você acordar vai ter uma outra visão do seu próprio mundo.
Deus te abençoe!


Letícia Thompson
Enfeite a árvore de sua vida com guirlandas de gratidão!
Coloque no coração laços de cetim rosa, amarelo, azul, carmim.
Decore seu olhar com luzes brilhantes estendendo as cores em seu semblante.
Em sua lista de presentes, em cada caixinha embrulhe um pedacinho de amor, carinho, ternura, reconciliação, perdão!
Tem presente de montão no estoque do nosso coração e não custa um tostão!
A hora é agora! Enfeite seu interior! 



Sejas diferente! Sejas reluzente!